TRANSPARENTE
Facebook Instagram YouTube
ptenes

left arrow

ANGELA RO RO

Angela uma compositora contundente, assim como de uma Instrumentista espontânea e dona de um canto raro e emocionante. RoRo caminha por esses 40 anos de profissão pisando em trilhas diversas que vão de bossa nova ao rock, com clássicos cultuados desde o início de sua carreira. O show faz desse repertório uma viagem do passado ao futuro que se estampa em seu otimismo e humor.Angela uma compositora contundente, assim como de uma Instrumentista espontânea e dona de um canto raro e emocionante. RoRo caminha por esses 40 anos de profissão pisando em trilhas diversas que vão de bossa nova ao rock, com clássicos cultuados desde o início de sua carreira. O show faz desse repertório uma viagem do passado ao futuro que se estampa em seu otimismo e humor.

Angela RoRo está cheia de motivos para comemorar tanto amor à música e a seu público que é a razão para o seu trabalho e que, segundo ela, é também “uma celebração à música e à vida!

Angela Maria Diniz Gonsalves ou simplesmente Angela Ro Ro, como é conhecida, nasceu no Rio de Janeiro, em Copacabana, no dia 5 de dezembro de 1949, e foi criada em Ipanema e fecundada num carnaval em Vila Isabel. Menina moça de colégio de freiras, mulher fêmea hippie do Arpoador, pura criança que desde os cinco anos teve contato com a música. Percussão, acordeom, piano, gaita, flauta, violão e suas cordas vocais são seus instrumentos.

Seu canto espontâneo, feito mais com instinto que técnica, é doce e selvagem, grave rouco e dotado de afinação livre e potência poderosa. Como autora e compositora, desenvolveu uma obra de peso que se constitui de vários clássicos da MPB. Com uma personalidade bem humorada, inteligente, RoRo tem o tempo a seu favor e está sempre se reinventando, mas sem perder, nunca, sua espontaneidade nos shows, seu carisma e seu amor à música.

Com Ricardo Mac Cord ao teclado, arranjos e também como parceiro e Angela Ro Ro apresentará um repertório que passeia pelo lado melódico romântico e swinging do Jazz, lembrando intérpretes como Frank Sinatra, Tony Bennet, Sarah Vaughan e Ella Fitzgerald, em obras de autores maravilhosos como Cole Porter e George and Ira Gershwin.

Cançôes já gravadas por ela e outras que gosta de cantar, especialmente pelo poder que elas tem em emocionar a plateia. E também vamos levarão sucessos como Simples Carinho do João Donato, o Rock Jazz Compasso de autoria dela e Ricardo Mac Cord, e seu maior sucesso, em parceria com Ana Terra, Amor, meu grande amor.

Sejam bem vindos!!!